05 dicas para criar um modelo de remuneração variável eficaz para a sua empresa.

05 dicas para criar um modelo de remuneração variável eficaz para a sua empresa.

Neste artigo vamos falar sobre 05 dicas para criar um modelo de remuneração variável eficaz para a sua empresa. Sabemos que ter e manter uma equipe motivada e engajada a entregar bons resultados nem sempre é uma tarefa fácil. Os gestores sempre estão em busca de encaixar os objetivos da organização, com as atividades executadas por seu time e, ao mesmo tempo, mantê-los sempre animados e motivados a entregar bons resultados. Porém, a junção destas tarefas não é tão simples como parece.

Para isso, bons gestores estão sempre em busca de ferramentas e metodologias para deixar a sua equipe engajada e focada no resultado positivo. Uma das maneiras mais conhecidas, e quando aplicada de maneira justa e correta traz melhoras significativas para as empresas e departamentos, é o modelo de remuneração variável.

Esta metodologia tem ajudado os gestores a criar metas mais estratégicas, atrair novos talentos, além de proporcionar grandes melhorias e trazer mudanças na ,cultura da organização. Ter um ,software para gerir essas métricas e a remuneração é essencial para o acompanhamento e otimização do processo.

Por isso, confira a seguir as 05 dicas para criar um modelo de remuneração variável eficaz para a sua empresa.

1 – Tenha uma visão macro: Para implementar um modelo de remuneração variável eficaz você precisa ter uma visão macro de tudo que estará envolvido. Logo, busque definir em quais áreas você vai implementar o modelo e entenda quais são as principais atividades realizadas pelas equipes. Desta forma, você conseguirá pensar sobre quais indicadores deseja medir.

2 – Defina metas e objetivos conscientes: Outro ponto relevante, quando você tem o conhecimento das tarefas diárias das equipes envolvidas, é que você também acaba tendo consciência da capacidade de crescimento e atingimento dos resultados do seu time. Por isso, ao definir metas, leve sempre em consideração a capacidade da sua equipe, desta forma você definirá metas e objetivos conscientes e também poderá aplicar metas desafiadoras.

3 – Acompanhe constantemente: Talvez o monitoramento seja a parte mais importante do processo, pois quando você acompanha de forma constante o desempenho da sua equipe, você consegue aplicar planos de ação de acordo com o estado dos resultados.

4 – Clareza em todas as informações: Para que o seu modelo de remuneração variável realmente funcione e engaje a sua equipe, os seguintes pontos precisam estar claros:

  • Quais são as metas?
  • Quais são as regras do modelo?
  • Como a evolução da meta tem influência nos resultados?
  • E fornecer a possibilidade de acompanhamento dos resultados para a equipe.

5 – Tenha um Software de gestão de performance: Um Software de gestão de performance, como a AchieveMore, permite que todo o processo seja mais fácil e prático, além de eliminar possíveis erros manuais no processo de apuração do modelo de remuneração. Além disso, a ferramenta também permite que sua equipe acompanhe o desempenho com frequência gerando um maior comprometimento.

Para saber mais a respeito, solicite uma demonstração da nossa ferramenta.,, (solicitar demo).

Share on linkedin
Share on google
Share on facebook
Share on twitter

Outros artigos que podem te interessar

6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos

6 passos para melhorar sua estratégia de RH e reter talentos

Quando o assunto é reter talentos, os profissionais de RH enfrentam vários desafios, pois atrair e reter bons profissionais é um ponto que atinge vários outros fatores dentro do setor de RH. Devemos considerar que um dos principais bens de uma organização são seus bons profissionais, pois acabam se tornando imprescindíveis para o bom funcionamento

Indicadores de produtividade: quais métricas devo acompanhar?

Indicadores de produtividade: quais métricas devo acompanhar?

Qual é a primeira coisa que pensamos quando o assunto é indicadores de produtividade? Muito provavelmente a primeira coisa que você deve ter pensado é como acompanhar e medir a produtividade do meu time? Sem dúvida, o sonho de todo gestor é conseguir acompanhar todo o processo e encontrar pontos de melhorias para alavancar a

SaaS para RH: o que é e como funciona

SaaS para RH: o que é e como funciona

Existem diversas empresa que oferecem um Software as a Service, ou como é mais conhecido SaaS, sem dúvida os Softwares SaaS se tornaram parte de uma grande revolução tecnológica, pois são aquelas soluções que muitas vezes nem sabemos que precisamos, mas quando conhecemos elas se tornam essenciais para a nossa rotina de trabalho.  Você já

Gostou? Inscreva-se para receber mais conteúdos como esses gratuitamente

    pt_BR